Notícias

Atletas do basquete recebem cadeiras de rodas

Atletas portadores de deficiência físico-motora receberam, na noite de segunda-feira (09), cadeiras de rodas preparadas especialmente para a prática do basquete, um esporte que esta promovendo a reintegração à sociedade de paraplégicos, tetraplégicos, amputados e portadores de seqüelas de poliomielite.

As doze cadeiras de rodas foram entregues aos atletas pelo deputado estadual Euclides Maciel (PSDB) e a primeira dama do Estado, Ivone Cassol, na quadra poliesportiva do Sesi em Porto Velho.

O evento contou com a participação do deputado Ribamar Araújo (PT), o secretário da Secel Jucélis Freitas, a secretária da Seas Tânia Terezinha, o vereador de Ji-Paraná, Zeca da Asdefiji e os diretores da Associação dos Deficientes físicos de Rondônia (Asdefal).

As cadeiras especialmente preparadas, individualmente para cada atleta, foram adquiridas através de emenda parlamentar no valor de R$ 20 mil. Para o treinador e diretor de esportes do Sesi, Heitor de Oliveira Neto, o basquete em cadeira de rodas ganha mais incentivo com essa nova aquisição e torna possível a inclusão de mais pessoas na pratica do esporte.

“Esse apoio torna possível aumentar a demanda das atividades sócio cultural desportivas a portadores de deficiência de outros municípios do estado”, disse. A primeira dama do Estado, Ivone Cassol, ressaltou a importância de trabalhos de relevância que promovam a inclusão de pessoas portadoras de deficiência a pratica de alguma atividade desportiva. “O governo do Estado apóia todos os projetos que promovam o resgate da dignidade do cidadão”.

De acordo com Euclides Maciel, que já destinou mais de R$ 1,8 milhão em emenda parlamentar para serem investidos no social, onde mais de R$ 400 mil foram aplicados em beneficio de entidades que promovem a inclusão social dos deficientes portadores de necessidades especiais, esse trabalho tornara possível a criação de novas equipes de basquete em cadeira de rodas e a descoberta de atletas com talento o suficiente para participar de competições fora do estado e até das paraolimpíadas.

“Tenho certeza que esse trabalho deverá gerar bons frutos e em um futuro bem próximo esses atletas trarão muito orgulho para Rondônia e suas famílias”, acrescentou Euclides, justificando que fará o possível para destinar recursos para a aquisição de novas cadeiras para incentivar a pratica do basquete em outros municípios do estado.

Fonte: Fatos & Notícias
Link: http://www.fatosenoticias.com/atletas-do-basquete-recebem-cadeiras-de-rodas/

Projeto disponibiliza cadeiras de rodas para deficientes físicos

A disponibilização de cadeiras de rodas para pessoas com deficiência e idosos nas agências bancárias pode se tornar obrigatória em Goiás. O projeto de lei do deputado Marlúcio Pereira (PTB) já foi apreciado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) e agora segue ao plenário. Em sua justificativa, o deputado salienta que a Constituição estabelece que o poder público e a sociedade devem criar condições para a integração dos portadores de necessidades especiais e idosos aos fenômenos vivenciados, com a eliminação de barreiras físicas ou naturais, em qualquer ambiente.

Para Marlúcio, trata-se apenas de mais um direito não respeitado, pois o que se vê, segundo ele, são dificuldades enfrentadas por esse grupo de pessoas. Cumpre lembrar que a maioria dos projetos arquitetônicos cria espaços pensando em pessoas plenas de saúde e condições físicas.

Fonte: JusBrasil Notícias
Link: http://www.jusbrasil.com.br/noticias/489068/projeto-disponibiliza-cadeiras-de-rodas-para-deficientes-fisicos

Vereadores serão desafiados a andar de cadeiras de rodas

A Câmara Municipal discutiu, nesta quarta-feira(16), a acessibilidade em João Pessoa, a propositura foi da vereadora Eliza Virginia (PPS), foram apresentados diversas queixas das pessoas com deficiência ao plenário, ficou decidido o desafio aos vereadores a andarem de cadeira de rodas nas ruas da capital. A vereadora Eliza Virgínia destaca a importância em se discutir a acessibilidade na Capital, uma vez que o Plano Diretor, votado ano passado, não aborda de forma eficaz as deficiências da cidade quanto a mobilidade de deficientes e idosos, “ as dificuldades em locomoção são encontradas dos bairros ao centro, os obstáculos são inúmeros, batententes, placas, desníveis, falta de planejamento …” destacou ela.

Raimunda Lucena, representante da STTrans, disse que João Pessoa receberá nos próximos dias 20 novos ônibus adaptados, aumentando o a frota pessoense para mais de 40 ônibus e que táxis também deverão atender de forma adequado as necessidades de pessoas com deficiência. Mesmo com o aumento da frota os cadeirantes reclamaram dos ônibus, relatando que quando os ônibus passam com um cadeirante outro não pode subir, porquê só existe lugar para uma cadeira, eles ainda reclamaram da empresa São Jorge, alegando que ela só dispõe de um ônibus adaptado para atender os bairros da zona oeste da cidade. O deputado Nivaldo Manoel, presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa com Deficiência, participou da audiência e se comprometeu em continuar lutando para que o direito deles sejam cumpridos, Nivaldo ancaminhará apelo para que prédios estaduais sejam adptados dano livre acessoa a pessoas com dificuldade em locomoção.

Durante a audiência foi proposto a criação de atendimento a recém nascidos com deficiência e lançado o desafio para que a Casa se adapte e forneça acesso aos cadeirantes, eles têm grande dificuldades por causa dos batentes da Câmara Municipal.

A vereadora Eliza se comprometeu com os cadeirantes e disse que se a Câmara em 30 dias não der condições de acesso aos cadeirantes desafiará os vereadores a andar de cadeira de rodas pelas ruas e prédios da Capital.

Fonte: Agência Inclusive
Link: http://agenciainclusive.wordpress.com/2009/04/17/vereadores-serao-desafiados-a-andar-de-cadeiras-de-rodas/

CEIR realiza mutirão para entregar cadeiras de rodas sob medida

O Ceir (Centro Integrado de Reabilitação) está realizando nesta quinta-feira (26/03) um mutirão para tirar as medidas das pessoas com deficiência que solicitaram cadeiras de rodas pelo SUS. A ideia é que os equipamentos sejam entregues aos pacientes já com as medidas adequadas às necessidades de cada um. Além disso, o mutirão também vai desafogar o acúmulo de processos ocasionados pela transição da dispensação das cadeiras de rodas para o Centro, que foi concluída na semana passada.

“O Ceir foi credenciado recentemente pelo Ministério da Saúde para entregar cadeiras de rodas pelo SUS no Piauí, bem como fabricar órteses e próteses. E o grande avanço que teremos é justamente por que nós faremos a adaptação desses equipamentos de acordo com às necessidades dos pacientes, proporcionando mais funcionalidade e conforto. Ou seja, a pessoa receberá uma cadeira de rodas personalizada. E essa é uma grande conquista, um grande avanço”, explica o superintendente multiprofissional do Ceir, Aderson Luz, complementando que o Ceir entrega as cadeiras de rodas para pessoas de todo o Piauí que tiverem os pedidos autorizados pela Central do SUS.

Nessa primeira etapa do mutirão estão sendo atendidas cerca de 100 pessoas. Médicos e terapeutas ocupacionais do Ceir fizeram as medições dos pacientes como altura, tamanho, peso, para detectarem necessidades que variam desde o tipo de cadeira à largura do assento ou necessidade de acessórios. Vítima de parasilia cerebral, a pequena Juliana Souza, de 4 anos, receberá uma cadeira de rodas com encosto, assento, apoio de braços e pés e cintos adequados às necessidades dela, conforme foi constatado pelos técnicos. Já Bárbara Pereira, de 19 anos, vai precisar apenas de uma adaptação na altura dos braços da cadeira. “A cadeira com o braço alto me incomoda muito”, explicou.

Um novo mutirão será agendado para os próximos dias. Os equipamentos serão entregues logo após serem autorizadas pela Fundação Municipal de Saúde, que é gestora do SUS no Piauí e tem parceria com o Ceir, e as adaptações serem concluídas. Saiba como solicitar órtese, prótese ou cadeira de rodas 1º Passo: Procure a Unidade de Saúde mais próxima de sua residência e faça uma consulta com um médico do PSF ou credenciado pelo SUS. Havendo indicação, o médico fará a solicitação da órtese, prótese, cadeira de rodas ou outros meios auxiliares de locomoção. 2º Passo: Anexe à solicitação do médico cópia dos seguintes documentos: a) CPF e RG; b) Cartão do SUS (Cartão Nacional de Saúde); c) Comprovante de Residência com CEP; d) Informe pelo menos um número de telefone para contato; 3º Passo: Entregue toda a documentação na Secretaria de Saúde do seu município, ou, para quem mora na capital, na Central do SUS-Teresina, no seguinte endereço: Rua Governador Artur de Vasconcelos, 730- Bairro Piçarra. Telefone: (86) 3222-0649, FAX: (86) 3221-9053. Depois é só aguardar o contato do Ceir, que vai agendar a primeira consulta.

Fonte: Portal O Dia
Link: http://www.sistemaodia.com/noticias/ceir-realiza-mutirao-para-entregar-cadeiras-de-rodas-sob-medida-16070.html

São Caetano vai consertar cadeira de rodas

Kelly Zucatelli
Do Diário do Grande ABC

As 16 cadeiras de rodas motorizadas que estão paradas no almoxarifado da Apae (Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais) de São Caetano serão arrumadas a partir de segunda-feira. A Prefeitura informou que concluiu o processo licitatório, iniciado em abril, para a realização da manutenção dos equipamentos e que já está definida a empresa. Segundo a Apae, o pedido para a realização dos consertos foi feito à Prefeitura em janeiro. No entanto, a secretária de Assistência e Inclusão Social, Marisa Catalão, alega que não foi recebido nenhum documento formal para a realização dos serviços. “Entendemos que existem os trâmites licitatórios, mas informamos sim a Prefeitura em janeiro”, reafirmou o presidente licenciado da Apae, Jorge Salgado.

DOAÇÃO – Nos próximos dias, após elaboração de instrumento jurídico, a administração municipal anunciará o processo de doação das 98 cadeiras de rodas utilizadas pelos cadastrados da entidade. Ainda não se sabe, no entanto, se os equipamentos ficarão apenas para as pessoas listadas pela Apae, ou se serão distribuídas para outros munícipes com deficiência. A Prefeitura garante que dará o suporte necessário para todos os portadores e que em breve anunciará a formação de um comitê de acessibilidade, para elaborar projetos para beneficiar os deficientes.

AUDITORIA – A administração municipal está fazendo levantamento dos dados de todos os usuários das cadeiras motorizadas e fiscais farão visitas nas residências para averiguar a condição dos equipamentos. Os trabalhos devem ser concluídos na próxima semana. Segundo Marisa Catalão, esse trabalho é importante para evitar distorções: duas das cadeiras cedidas estavam nos Estados do Piauí e Rio de Janeiro. Jorge Salgado, confirmou que os equipamentos realmente foram para outros Estados, mas os usuários são de São Caetano. “Não sabemos se esses equipamentos já retornaram. O usuário viajou e levou a cadeira para sua utilização”, afirmou Salgado.

Fonte: Diário do Grande ABC
Link: http://setecidades.dgabc.com.br/default.asp?pt=secao&pg=detalhe&c=1&id=5744735